Invasão nas academias

agosto 4, 2008

Distante de esportes radicais e exercícios agitados, o Fitball, atividade pouco conhecida entre os brasileiros, ganha espaço nas academias brasileiras

.

Música zen, destreza, precisão e equilíbrio imersos em ambiente com bolas coloridas e macias integram uma aula descontraída. Isso é o que muitas pessoas têm encontrado em academias de todo o país.

Desenvolvido na Suíça, na década de 70, o Fitball, também conhecido por bola suíça, é um acessório que dinamiza todo o corpo reunindo elementos como equilíbrio, força, flexibilidade e condicionamento aeróbico, utilizado para diversas atividades rítmicas. Inicialmente, sua aplicação visionava apenas a reabilitação neurológica e da coluna, atualmente, é muito utilizado em aulas de alongamento, abdominal, relaxamento, localizada e condicionamento físico.
O material fabricado em borracha látex possui resistência para suportar até 300 Kg. Pode ser encontrado em três tamanhos: pequeno, 55 cm; médio, 65 cm e grande 75 cm. O modelo ideal deve ser proporcional a altura e ao comprimento das pernas, bem como ao peso do usuário.

.

.

O Fitball cria instabilidade exigindo do corpo o uso das musculaturas internas, a fim de estabilizar os movimentos e os músculos responsáveis pela manutenção da postura e equilíbrio, diz o professor de Ginástica da Bio Ritmo Academia, Marcelo Jaime Vieira. Indicado para qualquer pessoa, a atividade é uma aliada para melhora de postura, força e equilíbrio musculares, alívio de tensões e fortalecimento dos músculos. Gestantes, crianças, idosos e vítimas de problemas lombares e cervicais podem se beneficiar de suas vantagens, desde que haja acompanhamento e controle médico e a série de exercícios sejam ministrados por um profissional. A atividade com a bola suíça pode funcionar também, como um auxílio para prevenção das dores, por submeter o fortalecimento da musculatura.

A professora de ginástica e musculação da Fitsport Academia, Vanessa Massetti, diz que há uma tendência em confundir o Fitball com o Pilates. As duas coisas são distintas. O segundo trabalha a questão do movimento concentrado e envolve muita respiração, enquanto o primeiro é mais dinâmico. Ele busca trabalhar força, flexibilidade e equilíbrio, além da possibilidade de ser aeróbico. Algumas academias atrelam ambos em uma única aula, na FitSport, por exemplo, ministramos aulas de Fitball e Fit Pilates separadamente, pelo princípio ser diferente. O nosso grande diferencial está no lado lúdico.

.

O Fitball pode ser utilizado das seguintes maneiras:

• Aulas de ginástica como complemento durante aulas de localizada, aeróbica, Core Board Training, condicionamento cardiovascular, desaquecimento e aquecimento.
• Aulas específicas: sessões de reabilitação da coluna lombar, aulas para gestantes, crianças e idosos.
• Suporte em exercícios: suportar o peso em exercícios na localizada, musculação, pilates.
• Personal Training: a grande versatilidade da bola se torna um ótimo acessório para o treinador.

.

Os músculos mais trabalhados são respectivamente o abdômen, glúteo, posterior de perna e braço. Durante uma aula dinâmica aeróbica, a perda calórica varia em média entre 300 e 400 calorias. Massetti completa dizendo que o Fitball é uma aula muscular perfeita para quem acabou de fazer lipoaspiração, por estimular exatamente o local recém operado, mas não é o ideal para quem deseja eliminar peso a curto ou médio prazo. A combinação de uma dieta balanceada e a prática constante define o abdômen, além de concentrar força e equilíbrio. No decorrer das aulas, a recomendação é o uso de macacão ou calça de ginástica com top ou blusinha justa, devido à flexibilidade exigida pelos movimentos.

.

.

Apesar de o Fitball ser febre entre as mulheres, os homens, principalmente os adeptos da musculação, se rendem cada vez mais, aos exercícios propostos pelas atividades envolvidas. O uso da bola suíça é bem difundido nos países da América Latina, EUA e no Brasil. Em São Paulo e Rio de Janeiro, há utilização do método em treinamentos de equipes de modalidades esportivas, completa Vieira.

Veja também:

O que comer a noite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: